Enquanto o Brasil inteiro pula Carnaval, na terra de Tio Sam a vibe é outra. Neste domingo (26) de plena folia de Momo, Los Angeles, a meca do cinema, vai escolher os melhores da sétima arte. Sem dúvida, a disputa mais acirrada é entre Moonlight: Sob a Luz do Luar e La La Land – Cantando estações. Enquanto o primeiro é um drama de primeira, visceral e intenso e  o segundo é um musical leve, que leva para outra dimensão.

foto-de-la-la-land

O musical La La Land foi indicado em 14 categorias (Paris Filmes/Divulgação)

 

Moonligth, do diretor Berry Jenkins, é um filme extramente humano.  Na história – indicada a 8 categorias – Black trilha uma jornada de autoconhecimento enquanto tenta escapar do caminho fácil da criminalidade e do mundo das drogas de Miami. Encontrando amor em locais surpreendentes, ele sonha com um futuro maravilhoso. Já em  La La Land, que tem a direção de Damien Chazelle, o  pianista Sebastian conhece a atriz iniciante Mia e os dois se apaixonam perdidamente. Em busca de oportunidades para suas carreiras na competitiva cidade, os jovens tentam fazer o relacionamento amoroso dar certo enquanto perseguem fama e sucesso. O filme tem referências dos grandes musicais como Cantando na chuva, Sinfonia em Paris, Guardas-chuvas do amor e é uma grande ode à Hollywood. Não será surpresa se levar a estatueta de melhor filme do ano.  Mas, cá para nós, acho um certo exagero o longa receber 14 indicações ao Oscar, se igualando ao recorde de A Malvada (1950) e Titanic (1997).

 

 

foto-de-moonligth

Moonlight mostra jornada de um jovem em meio à violência e à intolerância (Diamond Filmes/Divulgação)

Um dos destaques das duas produções é a trilha-sonora. Tanto que os dois filmes concorrem nessa categoria. Em Moonligth, há até uma canja de Caetano Veloso com Cucurrucucu Paloma. La La Land tem, aliás, duas composições disputando à melhor canção, algo raríssimo. Independente de quem ganhar, o Oscar vai estar em ótimas mãos. Façam suas apostas! Mas na minha modesta opinião, apesar de amar musicais,  Moonlight: Sob a Luz do Luar é mais filme do que La La Land – Cantando estações.

Assista aos trailers de Moonligth e de La La Land: