Quem for ao Rio de Janeiro não pode deixar de conferir uma das sensações da Cidade Maravilhosa: o Museu do Amanhã. Localizado ao lado da Praça Mauá, na Zona Portuária carioca, que foi totalmente revitalizada, o espaço está com uma exposição que tem tudo a ver com a proposta do museu; o olhar para o futuro.

foto-de-aquarela-sobre-santos-dumont

Aquarela de Durval Amorim  em homenagem ao pai da aviação

O poeta voador, Santos Dumont apresenta a capacidade do inventor brasileiro, um visionário que se dedicou à ciência e à tecnologia inspirado pela arte.

Com linguagem audiovisual e atividades lúdicas e interativas, o ambiente inclui protótipos das principais criações de Santos Dumont e duas réplicas em tamanho real: logo na entrada do Museu, o pioneiro 14bis; e, no local da exposição, o avião Demoiselle,  seu projeto mais completo.

santos2

Réplica do 14 Bis em frente ao Museu do Amanhã, no Rio

A mostra, sucesso de público, tem encantado, principalmente, as crianças.

O cientista, aeronauta e inventor brasileiro, que nasceu em 1873 em Palmira, hoje Santos Dumont, na Zona da Mata mineira, teve participação em praticamente tudo que ocorria de mais relevante nas décadas de 1910 a 1930.

CATARATAS

Entre as curiosidades lembradas na exposição está a criação do Parque Nacional das Cataratas do Iguaçu. Em 1916, ao conhecer a região, o mineiro ficou tão impressionado com a beleza do lugar que usou seu prestígio para pressionar o então governador do Paraná, Afonso Camargo, para que ali fosse criado um parque.

foto-de-invencoes-santos-dumont

Os sete principais inventos de Santos Dumont como o Balão Brasil; o avião 14bis e; o Demoiselle (modelo 19) estão na mostra

Outro dado interessante é que uma de suas invenções mais conhecidas, o Demoiselle, caiu em 1910, quando estava sendo pilotado pelo francês Roland Garros.

Santos Dumont foi tão importante que no ano em que completaria seu centenário,  em 1973, a União Astronômica Internacional realizou uma homenagem ao inventor brasileiro.

Em 20 de julho daquele ano, uma cratera existente na Lua passou a ter seu nome.

foto-de-santos-dumont

Alberto Santos Dumont nasceu em Minas em 1873

O Poeta Voador, Santos Dumont

Museu do Amanhã. Praça Mauá 1, Centro – Tel.: (21) 3812-1800

Até  30 de outubro

Funcionamento: De terça-feira a domingo, das 10h às 18h (com encerramento da bilheteria às 17h)

Ingressos (A exposição temporária está incluída no valor da entrada para o Museu):

Inteira: R$ 10. Meia: R$ 5

O Museu tem entrada gratuita às terças-feiras;

Bilhete Único dos Museus (Museu do Amanhã + MAR):

R$ 16 (inteira) e R$ 8 (meia-entrada).

www.museudoamanha.org.br

Postado por Ana Clara Brant